Notícias

3 de junho de 2019

Integrante da Nova Sinfonia embarca para estudo nos EUA

Próxima parada: Mannes School of Music, Nova Iorque. Aqui começa uma nova etapa na história de Sara Vieira Arcanjo. Somando toda a trajetória na Escola de Música e Cidadania de Vargem Grande, onde iniciou as práticas de canto e violino, mais o período como integrante da Orquestra e Coro Nova Sinfonia, já se vão nove anos de palcos e experiências.
Em todo esse tempo participando do projeto, até mesmo como estagiária, para além da carreira musical Sara destaca a influência do trabalho de cidadania que andou lado a lado com seu aprendizado durante esses anos: “Acima de qualquer coisa, até mesmo da música, na EMC eu aprendi a trabalhar em grupo. Aprendi que nada na vida se realiza sozinho, e que é incrível ter amigos e professores para te ajudar. Como qualquer pessoa, diversas vezes eu pensei em desistir por algum motivo, mas meus professores e amigos da EMC me davam ânimo pra continuar, e sou muito grata por isso”.
Num esforço pessoal, realizando pesquisas, uma série de contatos e um grande vai-e-vem documentos, outra porta se abriu para a aluna de 18 anos: uma bolsa para seis meses de estudos com foco em Educação Musical. E não é só, além de estudar, a jovem violinista ainda terá um contrato temporário em Krislund Camp, um camping e centro de convenções, participando na execução de oficinas de música com grupos de crianças.
Levando os votos de sucesso da Agência de Bem para esta nova etapa, Sara Arcanjo deixa uma mensagem para os colegas: “A música salva vidas, ela nos proporciona experiências incríveis que marcam a nossa vida, mesmo quem só a tenha como um hobby. Fazer aulas de música, participar de orquestra, fazer faculdade de música, tudo isso me trouxe oportunidades únicas como a que eu estou tendo agora! Visitei lugares, conheci pessoas, tudo por meio da música. Fica o meu apoio, mesmo de longe, para cada um que queira seguir esse caminho. Vale muito a pena, e que, de coração, eles tenham oportunidades tão grandes quanto as minhas!”.