Notícias

28 de abril de 2020

Projeto Escola de Música e Cidadania se adapta ao ensino à distância

Desde a paralisação das aulas presenciais nas EMC, a Agência do Bem soma esforços de toda sua equipe para manter o estudo de mais de mil crianças e jovens beneficiados pelo projeto, atendendo virtualmente todos os 11 polos de ensino do Rio de Janeiro e as unidades de outros cinco estados. Para dar conta da alta demanda, foram necessárias horas de conferências online, incluindo a preparação de materiais, padronização de processos pedagógicos e técnicos. ”Após a análise de uma série de plataformas de Educação a Distância (EAD), a equipe pedagógica optou por utilizar de plataformas digitais já conhecidas por crianças e adolescentes em geral. Em apenas uma semana a equipe organizou e padronizou processos, que vão desde a criação de roteiros e planejamento de aulas virtuais até a organização de turmas online pelo Whatsapp, upload de vídeos para o YouTube, monitoramento das plataformas e controle de acesso. Tudo feito ‘manualmente’ para garantir, sobretudo, o acesso dos alunos e a qualidade das aulas”, comenta a coordenadora executiva Patrícia Azevedo.

O apoio dos pais e responsáveis tem sido fundamental no processo de adaptação, recebendo também suporte dos professores nos grupos de Whatsapp. Por trás das telas, a equipe docente também precisou buscar adaptação para transmitir o conteúdo teórico e prático por videoaulas, passando por etapas de roteiro e gravação, gerando semanalmente cerca de 190 videoaulas, distribuídas por 17 canais e quase 200 turmas divididas em playlists no YouTube.