Notícias

Alunos aceitam desafio e fazem dueto em apresentação da OCNS

 

Cantada originalmente por Freddie Mercury e Montserrat Caballé, a música ‘’How Can I Go On’’ fez parte de uma recente apresentação da Orquestra e Coro Nova Sinfonia. Os alunos Filipe Braga e Sara Arcanjo foram convidados para esta interpretação. Confira o que eles têm a dizer sobre essa marcante experiência à frente da orquestra:
Há quanto tempo estão na Nova Sinfonia?
Sara: Desde 2011.
Filipe: Entrei em meados de 2015.
Sentiram muita responsabilidade ao aceitar fazer este dueto?
Sara: Sim, para caramba! Quando o maestro Vitor nos chamou, subiu aquele frio na barriga, mas é um sonho realizado porque eu sempre quis fazer isso, só que não sabia se tinha potencial. Mas se fui convidada sei que tenho capacidade para isso, então fiquei muito feliz.
Filipe: Eu fiquei muito entusiasmado porque gosto muito dessa música, mas também acabei ficando bem nervoso, pois ela está numa região vocal que não é nem um pouco confortável para mim, é uma música bem difícil, bem mais aguda do que eu costumo cantar. Ainda bem que eu estava de férias (risos).
O que mudou na rotina de ensaios?
Sara: Nossa, ensaiei muito. Ensaiava na orquestra e no polo de Vargem Grande. Fiquei dias até mais tarde para poder ensaiar, depois de todos. Precisava fazer exercícios com o diafragma porque a música é muito alta, é difícil. Eu tive que fazer mais exercício que o normal. Acho que melhorei bastante, pois havia práticas que eu nunca havia feito.
Filipe: Todos os dias eu ensaiava essa música pelo menos umas cinco vezes, e deu certo. O nosso preparador vocal me passou várias dicas. Mas também estudei alguns covers, e aí pego um pouco da região onde eles estão cantando, fazendo mudanças e adaptações.
Já haviam feito esse tipo de apresentação?
Sara: Não, só junto com o coral todo. Já no ensaio eu estava muito nervosa. E temos que pensar na postura, entonação da voz para que todos nos escutem, não deixar o nervosismo resultar em desafinação, é muita coisa para pensar ao mesmo tempo.
Filipe: O pior para mim foi o ensaio. Eu estava bem mais nervoso. Na apresentação o holofote ofusca a plateia, então ajuda.
Que conselho dariam para os outros alunos?
Sara: Não desistir nunca. Eu tinha vontade de desistir, mas ensaiei, persisti. Se não conseguir dessa vez, tente de novo, e de novo, porque um dia você vai conseguir e será exemplo para as outras pessoas que estão começando. É importante não desistir, não parar de fazer o que você gosta, e se divertir também.
Filipe: Tem que fazer com paixão! Gostar muito.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0